Eu, você e a nossa vocação para sofrer por amor

Uma das mulheres mais fortes que eu conheço foi também uma das pessoas mais dependentes emocionais que eu já conheci. Funcionava assim: ela era apaixonada por um cara que a traia constantemente. Mentia, sumia, era distante e sempre arrumava mil justificativas para um comportamento que, simplesmente, não era certo ou justo. Ela ficava na mão dele, tendo como desculpas ser completamente apaixonada por esse querido. E ele continuava a fazer todas essas coisas estúpidas, por achar que ela estaria sempre garantida. Essa história durou anos. 

Mas uma hora, por algum milagre divino e uma força de vontade extrema, essa mulher simplesmente abriu mão, decidindo seguir. Se recuperou, procurou ajuda, foi em frente. Hoje ela namora um cara maravilhoso, já fazem quase dois anos. Não consigo descrever como amo e sou inspirada por esse casal.

Trágico ou hilário, esse ex do passado ressurgiu há alguns dias, chorando as pitangas sobre a sua atual "namorada". A atual moça anda fazendo exatamente a mesma coisa que ele costumava fazer com a minha amiga - na verdade pior, porque posta em todas as redes sociais ao vivo, não fazendo a mínima questão de esconder ou minimizar danos. 

Ao longo da conversa, uma pergunta foi inevitável: Então, por que você não termina? 

A droga do amor

Ele começou uma longa série de explicações sobre como a amava e abrir mão de alguém tão importante na vida seria dolorido demais. Queria criticar, mas me identificava com essa dor

Não por uma, duas ou três vezes estive exatamente na mesma posição. Com todas as pessoas próximas de mim fazendo as perguntas: "Por que você não termina?", "Por que você ainda aceita isso?", "O que você está fazendo com a sua vida?". 

A verdade é que me sentia impotente frente a situação. A maioria de nós, quando passa por algo assim, tem esse profundo sentimento de insuficiência. Além de não termos forças, toda a nossa percepção de valor próprio fica seriamente nublada e confusa. A gente sabe que não merece aquilo, mas mesmo estando desconfortável... Continuamos. Parece tudo bem aceitar uma situação degradante, quando aqui dentro do peito sentimos algo que aparenta ser tão grande, salvador e genuíno

O problema, é que toda confusão mental causada não vale a pena, só que estamos cegos demais para enxergar.

É justamente isso: ficamos cegos de amor.

Quer dizer que amor é realmente uma droga no sentido real e entorpecente da palavra? 

Então, esse bendito sentimento faz com que aceitemos situações normalmente inaceitáveis, criando algemas afetivas com alguém possuidor do brilhante talento de nos devastar? Uau, mal posso esperar para encontrar o amor verdadeiro

Quantos % disso é drama?

Posso te contar algo que consegue ser ao mesmo tempo libertador e aterrorizante? Se você terminar com essa pessoa a sua vida não vai terminar. É verdade, a vontade de não sair da cama pode durar por alguns dias, a coragem para abrir a porta e voltar a viver uma vida normal talvez demore uns meses, é provável que seu coração leve até alguns anos para se recuperar completamente. Mas morrer, do tipo, ser enterrado e ir para o outro lado... hm, não. 

Sendo bem sincera, talvez você até precise cortar todas as formas de contato por um tempo com a pessoa em questão. Excluir das redes sociais, bloquear no WhatsApp, evitar eventos sociais onde ela possa estar. Lembra que a gente conversou sobre responsabilidade emocional consigo mesmo? Gostaria de dizer que é mais fácil do que parece, mas não sei mentir. 

Mas melhora, uma hora as coisas enfim começam andar. Acredite em mim, a vida toma um rumo mais leve, melhor. Porém, é preciso dar um passo de fé e coragem. Sim, esse passo é terminar.  

"Ah, mas eu amo!"

Você não ama, só está dependente emocionalmente. É importante entender, de uma vez por todas, que amor não machuca. Na verdade, ele ajuda a curar, nos motiva a ir para níveis melhores e maiores. Qualquer sentimento remotamente amoroso, capaz de nos destruir, causando essa sensação de aprisionamento  e confinamento é, na verdade, dependência emocional.

Em um relacionamento, acabamos nos tornando dependentes químicos do outro, por causa de todas os hormônios liberados na maneira como essa pessoa faz com o que o seu corpo se sinta. Entendeu que existe outra parte de toda essa resistência em deixar ir? É necessário desintoxicar.

Como um ralo de energia, esse relacionamento acaba gastando seu tempo e minando seu potencial, de maneiras que talvez nunca mais voltem. 

Posso te mandar a real? Relacionamentos assim nos prendem de uma maneira tão pesada, que acabamos deixando de romper em várias áreas da vida, por estarmos tendo que direcionar uma carga mental gigante para conseguir lidar com a maneira como essa pessoa nos faz sentir. 

Então, depois de tudo isso, mais uma vez eu te pergunto: Por que você não termina?

Um último tapa sem mão

Se te mostrares fraco no dia da angústia, é que a tua força é pequena.
Provérbios 24:10 

Você é muito melhor e mais forte do que pensa. Sei que esse relacionamento faz com que você duvide de si mesmo constantemente, mas está na hora de voltar a viver a sua verdadeira identidade. Um segundo de coragem para tomar a melhor decisão da sua vida.

Fica calmo, se a história de vocês realmente for para acontecer, ela só vem depois que ocorrer cura dos dois lados. Posso garantir, no tempo certo, Deus e o Universo vão fazer questão de juntar os dois, de uma maneira onde tudo vai se encaixar e ambos estarão mais bem resolvidos, maduros e evoluídos.

Agora, não dá mais para atrasar as lições que a vida ainda quer te ensinar por se manter no mesmo lugar. Você acaba se fechando para o mundo, um que nem sabe que existir, porque está ocupado demais vivendo e revivendo a mesma enrolação de sempre. Onde ela está, o que está fazendo, por que não comigo? 

Chegou a hora de acabar, dar um basta. Seu coração vai parecer que foi arrancado do peito, isso é inegável. Mas vai passar. A verdade é como uma cirurgia, dói mas cura. A mentira é como a morfina, dando alívio instantâneo mas trazendo efeitos colaterais no longo prazo. Qual você escolhe hoje?

Vai lá, você consegue. Você é forte. Você é capaz e muito melhor do que isso. Ah! E você não vai morrer sozinho, confia em mim.

Há vida após um grande amor na vida.